Contas Yahoo Atacadas
redes Wi-Fi, cibersegurança

A United States Computer Emergency Readiness Team (US-CERT) anunciou hoje que foi alertada para a existência de um exploit, designado KRACK (Key Reinstallation Attacks), que tira proveito das falhas de segurança no protocolo Wi-Fi Protected Access II (WPA2) e que permite ao atacante aceder ao tráfego entre os computadores e os pontos de acesso sem fios. Este protocolo é utilizado para proteger as redes sem fios domésticas e empresariais.

Os investigadores vão revelar mais pormenores sobre as falhas de segurança na palestra “Key Reinstallation Attacks: Forcing Nonce Reuse in WPA2” na conferência sobre segurança ACM Conference on Computer and Communications Security, que decorrerá no dia 1 de Novembro, em Dallas, EUA.

Os investigadores já fizeram saber que 41% dos dispositivos móveis Android são vulneráveis a uma variante deste ataque Wi-Fi, e recomendam aos utilizadores que actualizem os seus dispositivos Wi-Fi com os patches de segurança mais recentes e que continuem a usar o WPA2.

 

Formação Relacionada

redes Wi-Fi, cibersegurança

Vedor, Luís. (2017). Segurança de (quase todas as) redes Wi-Fi foi ultrapassada. Recuperado a 17 de Outubro 2017, de https://www.pcguia.pt/noticias/seguranca-noticias/seguranca-quase-todas-as-redes-wi-fi-ultrapassada/