Revelada identidade do hacker que roubou os segredos do Benfica

(…) [O] hacker que roubou os emails do Benfica tem 29 anos, opera a partir de Budapeste, e é um génio da informática que ainda muito jovem foi apanhado pela primeira vez depois de desviar 270 mil euros de um banco.
Hacker que roubou os segredos, cibersegurança

Está encontrado o hacker responsável pelo roubo dos emails do Benfica. Após uma investigação realizada nas últimas semanas, a revista Sábado revela na sua edição desta quinta-feira a identidade do alegado autor do ataque informático que permitiu o furto de milhares de emails e documentos do clube da Luz.

Chama-se Rui Pinto, está a ser investigado em Portugal e Espanha, e (…) é o hacker responsável pelo roubo dos segredos do Benfica. Segundo diz em entrevista à CMTV o director d[e uma revista portuguesa], “é um génio da informática mercenário” que age motivado por dinheiro, sem qualquer ligação clubística.

O jovem hacker português, diz Eduardo Dâmaso, é suspeito não apenas do furto dos emails do Benfica, mas também de um conjunto de processos que agrupa as queixas da Doyan, em 2015, as queixas do Sporting e, mais tarde, as queixas do Benfica.

“Houve inicialmente um grande embate entre Rui Pinto e a Doyan, que se disse alvo de um processo de chantagem”, realça o director da revista.

“A história tem pormenores absolutamente rocambolescos, mete encontros numa estação de serviço da auto-estrada, filmado e gravado pela Polícia Judiciária”, acrescenta Eduardo Dâmaso, “mete um pedido de dinheiro muito significativo, mete uma investigação privada da Doyan, que acabou por identificar Rui Pinto“.

Segundo revelou em 2016 o blogue Football Leaks Revealed, Rui Pinto será também o autor do Football Leaks, blogue que divulgou documentos confidenciais sobre as transferências de vários jogadores do Benfica, FC Porto e Sporting. Em declarações ao CM, o hacker português negou a acusação, dizendo-se vítima de difamação.

De acordo com o jornal espanhol Marca, Rui Pinto terá tido a colaboração de um advogado, Aníbal Pinto, e ambos terão montado um suposto esquema de chantagem aos clubes portugueses, ameaçando com a divulgação dos documentos obtidos nos ataques informáticos para obterem dinheiro.

Segundo diz o desportivo espanhol, os dois terão “extorquido e chantageado diversos clubes e, quando estes não pagavam, tornavam públicos os documentos”.

Em declarações à CMTV esta quarta-feira, o advogado nega as acusações, e esclarece que deixou, em 2016 de ser representante de Rui Pinto após um encontro do seu cliente com um advogado da Doyen Sports, empresa que “pretendia contratar os serviços de Rui Pinto.

Na sequência desta reunião, Aníbal Pinto deixou de representar Rui Pinto e apresentou queixa na Ordem dos Advogados por “ameaças do representante” da Doyen.

O português de 29 anos, residente em Budapeste, na Hungria, terá histórico como hacker, terá sido igualmente em 2013 autor de um ataque informático ao Banco Caledónia, das Ilhas Caimão, no qual terá transferido 300 mil dólares para o Deutsche Bank.

O alegado hacker terá na altura sido detido, mas o seu advogado, diz a Marca, conseguiu que pagasse apenas uma multa de 100 mil dólares como “castigo”.

Formação Relacionada

Hacker que roubou os segredos, cibersegurança

(2018). Revista Sábado revela identidade do hacker que roubou os segredos do Benfica. Recuperado a 17 de Setembro 2018, de https://zap.aeiou.pt/sabado-identidade-hacker-emails-benfica/