Portugal “Redes sociais, apps e serviços cloud usados por empresas entre os alvos mais visados por hackers width=

Os mais recentes dados da Kaspersky revelam que o Facebook é a aplicação onde foram encontradas mais tentativas de phishing, seguindo-se o WhatsApp e os serviços da Amazon. A destacar-se pela negativa estão também os serviços da Apple e as plataformas da Google.

Redes sociais, apps e serviços cloud, alvos, hackers

Uma nova investigação da Kaspersky indica que os serviços web mais utilizados pelos colaboradores de PMEs estão na lista de “alvos” mais frequentemente atacados por cibercriminosos através de ataques de phishing.

A empresa de cibersegurança refere que é importante que as organizações compreendam as ameaças mais relevantes e como estas se podem infiltrar em endpoints corporativos, por exemplo, através de phishing em serviços cloud. Quando um serviço web se torna popular, pode também converter-se num alvo mais atrativo para os cibercriminosos

Formação Relacionada

Redes sociais, apps e serviços cloud, alvos, hackers

Andrade, Francisca (2020) Redes sociais, apps e serviços cloud usados por empresas entre os alvos mais visados por hackers. Recuperado a 29 de Outubro de 2020 em https://tek.sapo.pt/noticias/internet/artigos/redes-sociais-apps-e-servicos-cloud-usados-por-empresas-entre-os-alvos-mais-visados-por-hackers