Hackers are holding light-rail systemBy Dinheiro Vivo em 29 Novembro 2016

Hacker, homebanking, cibersegurança, cybersecurity. Hackers sequestram banco e chantageiam clientes

O resgate deve ser pago em bitcoins, para garantir o anonimato, até 7 de dezembro.

O Valartis Bank do Liechtenstein está sob ataque de piratas informáticos. Os clientes da instituição, cujo capital é detido maioritariamente por chineses, estão a ser ameaçados e chantageados pelos hackers.

Segundo o jornal alemão Bild, os atacantes estão a exigir 10% das poupanças dos clientes do banco, sob a ameaça de enviarem informações sobre as contas bancárias para as autoridades fiscais e para os media. Na base das ameaças estarão provas de evasão fiscal e branqueamento de capitais.

O resgate deve ser pago em bitcoins, para garantir o anonimato, até 7 de dezembro.

Entre os clientes do Valartis Bank estão personalidades conhecidas do mundo da política, atores e milionários, a maior parte deles alemães.

O banco garante que ainda não foram reportadas quaisquer perdas por parte dos clientes e assegura que os hackers não conseguiram aceder aos extratos de conta.

A instituição explicou que os piratas informáticos conseguiram entrar no sistema de homebanking e obtiveram informações sobre as ordens de pagamentos dos clientes.

O Valartis Bank foi comprado no início deste ano pelo grupo Citychamp Watch & Jewellery, com sede em Hong Kong. As ações do grupo chinês caíram 12% esta terça-feira depois de terem estado suspensas ontem.

 

(2016). Hackers sequestram banco e fazem chantagem com os clientes. Dinheiro Vivo. Recuperado a 30 Novembro de 2016, de https://www.dinheirovivo.pt/banca/hackers-sequestram-banco-e-fazem-chantagem-com-os-clientes/

Hacker, homebanking, cibersegurança, cybersecurity. Hackers sequestram banco e chantageiam clientes