Esquemas fraudulentos relacionados com entregas de encomendas aumentaram 440% durante novembro” width=

A Check Point alerta para os esquemas de emails falsos enviados com alertas de entregas com o objetivo de obter dados pessoais, sobretudo depois da Black Friday e Cyber Monday.

Esquemas fraudulentos, encomendas

No rescaldo das compras online feitas em torno da Black Friday e Cyber Monday, os investigadores da Check Point alertam os compradores para possíveis esquemas relacionados com as suas encomendas. A especialista em cibersegurança afirma que os atacantes estão a fazer-se passar por grandes empresas de transporte, tais como a Amazon, DHL ou FedEx, enviando para as pessoas emails com assuntos como “Encontre a sua encomenda” ou “Problema de entrega”, com o objetivo de obter credenciais que permitam a fraude financeira.

Os investigadores afirmam que houve um aumento de 80% das campanhas maliciosas relacionadas com a Black Friday e Cyber Monday, incluindo os anúncios de “ofertas especiais”, tentando enganar os utilizadores em esquemas fraudulentos. De acordo com a empresa, 1 em cada 826 emails entregues a utilizadores em todo o mundo são phishing.

Só no mês de novembro, os investigadores da Check Point reportaram um aumento global de 440% do número de emails com phishing, a assumir-se como empresas de transporte, quando comparado com o anterior outubro. A DHL é a marca mais imitada com 57%, seguindo-se a Amazon com 37% e por fim, a FedEx com 7%. Na Europa, o aumento foi de 401% no mesmo período, sendo igualmente a DHL a marca mais imitada, com 77% dos ataques.

A Check Point afirma que os hackers estão a atacar toda a experiência de compra, o antes e o depois: primeiro enviam emails com “ofertas especiais” das suas marcas favoritas. Depois enviam emails sobre as entregas das compras, mesmo que tenham sido feitas numa plataforma segura. “É muito claro para nós que os atacantes se estão a aproveitar de todas os passos que compõem as compras online. Recomendo todos os utilizadores a pensarem duas vezes antes de abrir qualquer e-mail de pós-compra, porque pode vir de um hacker”, refere Rui Duro, Country Manager Check Point Portugal.

Formação Relacionada

Esquemas fraudulentos, encomendas

Parreira, Rui (2020) Esquemas fraudulentos relacionados com entregas de encomendas aumentaram 440% durante novembro. Recuperado a 7 de Janeiro de 2021 em https://tek.sapo.pt/noticias/computadores/artigos/esquemas-fraudulentos-relacionados-com-entregas-de-encomendas-aumentaram-440-durante-novembro