Casa Branca e Twitter desmentem investigador que alega ter entrado na conta de Trump” width=

Especialista reputado holandês alega ter conseguido entrar na conta de Twitter de Trump ao ter adivinhado a password simples e ter feito uma publicação, mas a rede social e a Casa Branca desmentem.

investigador que alega ter entrado na conta de Trump, twitter, password

Victor Gevers é o investigador de segurança que alega ter adivinhado a password da conta de Twitter de Donald Trump (maga2020!), entrado no seu perfil e feito uma publicação misteriosa. A notícia é avançada pelo jornal holandês de Volkskrant e pela revista Vrij Nederland, mas as alegações foram desmentidas pela Casa Branca e pelo Twitter.

Do lado do Twitter, um porta-voz da rede social explica que “não vimos qualquer evidência que sustente a alegação (…) Proativamente implementamos medidas de segurança de contas para um grupo selecionado de utilizadores de renome e contas relacionadas com as eleições presidenciais nos EUA”. Já do lado da Casa Branca, o desmentido foi mais sucinto: “É absolutamente falso, mas não comentamos os procedimentos de segurança em torno das contas das redes sociais do Presidente”, cita o The Verge.

Segundo os meios de comunicação holandeses, Gevers já tinha entrado na conta do Twitter de Trump em outubro de 2016. Agora, o investigador tentou entrar novamente com a mesma password (yourefired) sem sucesso. Ainda assim, o especialista percebeu que não havia autenticação de dois fatores ativada e tentou adivinhar a password nova, acabando por conseguir entrar à quinta tentativa, com a palavra chave maga2020!. Dentro do perfil, Gevers terá feito uma publicação sobre um artigo satírico. A 16 de outubro, a conta de Trump partilhou uma mensagem o sobre a publicação satírica The Babylon Bee, que causou estranheza na comunidade, mas Gevers não confirma, nem desmente que tenha sido o autor desta mensagem.

O reforço das medidas de segurança do Twitter passa pela exigência de passwords fortes e pela recomendação do uso de autenticação de dois fatores. Estas medidas surgem depois de vários perfis do Twitter terem sido pirateados em setembro.

O investigador diz ter feito várias tentativas de contacto ao staff de Donald Trump para os alertar para o alegado baixo nível de segurança – sem sucesso – e defende que também o Twitter não deu qualquer resposta. Os Serviços Secretos dos EUA na Holanda, no entanto, terão prestado atenção ao relatório de Gevers, de acordo com documentos vistos pelos jornalistas holandeses.

Por fim, Gevers explica que apesar de ter tido acesso à conta e de ter feito uma publicação, não fez mais qualquer alteração ao perfil de Donald Trump.

Formação Relacionada

investigador que alega ter entrado na conta de Trump, twitter, password

(2020) Casa Branca e Twitter desmentem investigador que alega ter entrado na conta de Trump. Recuperado a 5 de Novembro de 2020 em https://visao.sapo.pt/exameinformatica/noticias-ei/insolitos/2020-10-23-casa-branca-e-twitter-desmentem-investigador-que-alega-ter-entrado-na-conta-de-trump/