App de fitness para iPhone utilizava impressões digitais em esquema fraudulento para roubar utilizadores

A aplicação utilizava a funcionalidade de Touch ID para retirar fundos da carteira digital dos utilizadores, disfarçada numa opção da app.

>Emails de utilizadores da Amazon foram expostos

É cada vez mais necessário ter cuidado com as aplicações instaladas nos smartphones, pois muitas delas disfarçam esquemas fraudulentos, utilizados para roubar dinheiro aos utilizadores. É o caso das aplicações “Fitness Balance” e “Calories Tracker” que estiveram disponíveis na App Store até bem recentemente.

As referidas aplicações funcionariam como o pretendido, calculavam as calorias consumidas, o índice de massa corporal, assim como alertas para beber água, por exemplo. O pior decorria quando a app ativava uma funcionalidade ligada ao sensor biométrico do Touch ID.

Na prática, a aplicação pedia às pessoas para utilizar a sua impressão digital para guardar os dados relativos à sua rotina de fitness e de imediato, quando o dedo era encostado, uma janela surgia no ecrã com uma mensagem de que tinha sido efetuado um pagamento de 119,99 dólares.

O problema foi divulgado no Reddit, e segundo o Engadget, a Apple terá já removido as aplicações do seu sistema.

Formação Relacionada

impressões digitais em esquema fraudulento

Parreira, Rui (2018) App de fitness para iPhone utilizava impressões digitais em esquema fraudulento para roubar utilizadores. Recuperado a 20 de Dezembro 2018,https://tek.sapo.pt/mobile/apps/artigos/app-de-fitness-para-iphone-utilizava-impressoes-digitais-em-esquema-fraudulento-para-roubar-utilizadores